domingo, 18 de janeiro de 2015

Cerveja x Mulheres


Hoje, domingo (18.01.15), um calor do hell, as quatro e meia da tarde e eu "mofando" na rodoviária porque perdi o bus suburbano (entre cidades), por menos de 30segs graças a lerdeza do motorista do bus de casa, em fim não era por isso que estou aqui... reclamações sobre a beleza do transporte coletivo em cidades do interior merecem um post exclusivo rs.

Bom como estava com sede, resolvi dar um pulinho no mercado que fica de frente com a rodoviária. chegando na sessão das bebidas geladas pensei " Por que não uma cerveja?" Decidi e comprei uma long neck da Heineken, uma das várias cervejas que aprecio. Ela é do tipo Larger (que nunca sei pronunciar corretamente, rs). Peguei também 02 garrafas de água 500 ml e garrafinha de iogurte.

Já me dirigindo ao caixa para efetuar o pagamento da minha pequena compra, um homem na faixa dos 30-40 anos passa por mim e olha torto para cerveja. Após pagar as compras, ainda no mercado, já abri a breja e tomei no gargalo ai novamente outro cara olha feio para garrafa.

Que eu saiba a cerveja é proibido para menores de 18 anos e não para mulheres maiores de 21.
Assim que sai do mercado e estava me deslocando para rodoviária, uma atendente da empresa de ônibus que estava indo fumar, olhou tão torto e com tanto desgosto para minha cerveja que achei que a garrafa ia desintegrar.

Peço aqui a liberdade para um país que beber cerveja não seja um "crime" para as mulheres.
Se eu tivesse tomando um refrigerante (que não gosto, em ultima opção) tenho certeza que não teria repercutido tanto uma cerveja num espaço de curto de 05 minutos.

#kátiaindignada