quinta-feira, 14 de maio de 2015

Acne - A minha história...

Hey,

Tá uma coisa que só de lembrar me dá arrepios... Ninguém nem imagina e convenhamos nunca vai ter ideia de o quanto foi ou digamos é sofrido pra mim...

Tenho acne severa desde de 13 anos, antes tinha o rosto mais liso impossível de se ter.... Já gastei horrores com isso. Hoje em dia eu me aceito...Mas já passei poucas e boas. A acne é classificada por graus. São 4 tipos... Eu tinha o 3 que é um pouco menos e que 4 Conglobata. As minhas espinhas eram grandes, inflamadas e inchavam a cara, doíam pra caramba e ainda deformava o rosto, aff. No meu caso, as espinhas saíram no rosto inteiro com exceção dos olhos e na bunda...em cada pessoa afeta de um jeito.

Quando tinha uns 17 anos e o rosto já estava bem feio...fui a um dermatologista que queria me receitar Roacutan, naquela época o remédio era novo, poucos estudos...Li todos aqueles vários formulários e reações adversas: não poder engravidar, que deforma feto e etc etc...Juro que fiquei com medo e optei por não tomar...(pensei: se deforma um feto imagina o que vai fazer comigo) Hoje em dia, não faz ideia de como me arrependo disso.

No meio tempo até 2007, juro que tentei de tudo. Leite de arroz, dietas, cremes, pomadas. Varias consultas, remédios manipulados e nada. O pior disso tudo eram que as pessoas me paravam seja na rua ou qualquer lugar para me dar a "solução milagrosa". Andava com 1 kg de maquiagem para tentar me esconder um pouquinho. Tinha dias que eu queria enfiar a cabeça num saco de papel para sair na rua. Olhar no espelho então...ficava com medo até do meu reflexo. Mal olhava de manhã para me arrumar.

As pessoas associam acne/espinha com falta de higiene, excesso de chocolate.... Não é problema estético é sim algo que deveriam levar mais sério. Acne até o momento é disfunção do bulbo capilar que produz sebo em excesso e inflama a raiz do pêlo. A causa da disfunção ainda é desconhecida mas pode ser junção de fatores: Genética, Puberdade...

A primeira vez que fiz o tratamento com Roacutan (laboratório Roche) foi em 2007 através do Hospital São Paulo e não existia genérico consegui com tratamento na Farmacia de Alto Custo. Tomei o remédio por uns 07 meses. Tive vários efeitos colaterais por ser um medicamento muito forte. O tratamento no meu caso teve a validade até 2013. Mas limpou tudo, ficando apenas as marcas mais profundas que espremendo ou não marcavam.

Em 2013 começou aparecer nova espinhas, entrei em pânico. Fui em uma dermatologista em Jundiaí, expliquei todo o meu caso, falei que já tinha feito tratamento com Isotretinoína em 2007...E tive a bela resposta: Pode ter espinhas até as 40 anos... Fiquei chocada...Falei: não era para ter acabado definitivamente? Foi então que ela sugeriu para fazer o tratamento novamente. Fiz por quase 01 ano. Não me arrependo disso. Se precisar faço novamente!

Ainda falta me livrar das malditas marcas!

Resumindo: Fiz 02 tratamentos com Roacutam, 04 Peelings Quimicos (Só por dermatologistas), 01 peeling leve e hoje sou assim.

Ufa, desabafei.